INVERNO QUE CHEGA..

INVERNO  QUE  CHEGA..

PARA REFLETIR

A vida só acontece através do tempo, mas toda a
vida é uma luta para impedir que o tempo passe...
(Rubem Alves)

PENSE NISSO!!

A vida na Terra é somente uma passagem, no entanto, algumas pessoas vivem como se fossem ficar aqui eternamente, e esquecem de ser feliz.

VIDA - UM PRESENTE DO UNIVERSO

O Universo é capaz de organizar todas as circunstâncias e eventos necessários no momento certo e perfeito, e o momento certo diz respeito a você se harmonizar com o seu eu superior. Não tente se apressar na direção da meta. Se você se mantiver vibratoriamente em harmonia com qualquer desejo, o Universo seguramente encontrará uma maneira de torná-lo realidade. (Gill Edwards)

sábado, 7 de novembro de 2015

O SEGREDO PARA SE VIVER

O grande segredo da vida talvez seja apenas se deixar viver...
Sequer tente entender ou decifrar o que é viver.
A vida foi feita para não ser entendida mas apreciada.
Aproveitada a cada segundo que respiramos..
a cada segundo que vivemos,
a cada suspiro do nosso peito
em momentos alegres ou tristes também.
Por isso, não gaste tempo com bobagens,
com inutilidades, rancores,
com brigas ou desavenças...
Esqueça as mágoas do passado e
perdoe a quem quer que seja, deixe o coração mais leve.
Aproveite este encanto mágico que é poder renascer todos os dias
neste Universo que te acolhe sem pedir nada em troca
e deixe-se deslumbrar com as maravilhas que ele te oferece.
Guia os teus sonhos no caminho da luz e da beleza infinita das estrelas,
pois somos espíritos imortais dentro de uma roupa que um dia apodrecerá.
Nos momentos em que a vida quiser "te aprontar",
feche os olhos e agradeça por tudo o que já passou.
E no silêncio do teu eu deixe que anjos te sussurrem ao ouvido...

domingo, 18 de outubro de 2015

IGUAIS...

A vida está mudando.
O mundo está avançando
e nos transformando...

Somos, eu e tu,
dois corações apaixonados
que um dia se encontraram...
Um sentimento reinventado
e a mesma intensidade de amar,
ou de sofrer...
A mesma intensidade de rir,
ou de chorar..
De sentir saudades,
ou de se entregar...

Pássaros que rasgam o céu
na procura do mais alto voo para encontrar a liberdade,
nós também procuramos a beleza de podermos voar livremente...
Somos os olhares que o tempo aproximou...
Somos palavras que a boca nunca falou
mas que a nossa alma sempre entendeu...

Delicadamente
vamos desabrochando os sentimentos
nascidos nos silêncios de tantos anos...
Não mais esconder...
Eu e tu, como sempre fomos,
e para sempre, nós duas,
iguais...

domingo, 13 de setembro de 2015

O LADO AMARGO DO AMOR...

O lado amargo do amor
é o pior pesadelo dos apaixonados...
São quando olhos se mostram sem brilhos
e não demonstram mais desejos...
É o não mais sentir um pulsar diferenciado no coração
e quando palavras deixam de ser sussurradas ao pé do ouvido...
São quando beijos, no sabor da cama quente, fartam-se somente dentro da mente
e toda aquela magia de encantamento se transforma em bruxaria
daquele que foi, um dia, tão importante...

Em encontros e desencontros perdidos..
Nas ausências e indiferenças do dia a dia..
e nas interrogações que deixam dúvidas,
a admiração resultará em decepção...
E quando não houver mais os lábios nos lábios,
os olhos nos olhos ou
o coração com o coração,
as consequências daquele sentimento, que antes era belo e pleno,
serão dias de tristezas, de desmotivação, de desilusão...
De almas em uma intensa solidão,
carregadas de lágrimas,
de despedidas
e de um derradeiro fim...

sábado, 18 de julho de 2015

O SIGNIFICADO DE AMAR...

A gente começa a amar
talvez por ter lido num olhar
certas possibilidades e afinidades
e a sensação de termos encontrado
naquela determinada pessoa
a motivação para uma felicidade...

Amar significa compartilhar.
Significa se preocupar com o outro,
se sensibilizar, apoiar...
Repartir as dores..
as alegrias dos momentos, e de, talvez,
uma vida inteira com um alguém...
É aquela convivência que faz a alma
transbordar inúmeros sorrisos
e calar a boca com mensagens silenciosas...
É o gostar sincero, verdadeiro..
É o sentimento sem medos e vergonhas...
É o sentir a mesma sensação
de como se tudo fosse igual a primeira vez...

Posso amar quem eu quero!
E os meus olhos e os meus sentidos
são meus guias..
Vigilantes atentos que são, neles, eu confio.
A eles entrego o meu coração,
tão confiante e certa como o vento
que sempre rouba a folha da árvore
e a espalha pelo jardim...

quarta-feira, 17 de junho de 2015

VENDAVAL DO TEMPO

Tenho andado tão distraída!
E dei até para andar só,
num frenético ir e vir
que não me leva a lugar algum...

Ando até falando comigo mesma!
Mas, são tantos os pensamentos
que nenhum deles me diz
aquilo que eu quero ouvir...

Também são longos e intermináveis
os caminhos que percorro..
Distantes, cansativos..
e com o meu olhar afoito
que nem sabe mais
o que procurar...

E tudo isso porque vivo
sem a tua presença aqui.
Tua ausência existe em mim,
numa dor dilacerante de saudades
e em marcas profundas
que me tiram até o prazer de viver...

quinta-feira, 28 de maio de 2015

ALGUM DIA, TALVEZ..

Um dia, talvez,
gritando aos quatro ventos,
eu crie a coragem para te falar...
Porque o tempo todo eu te sinto,
eu te quero..
Estás tão perto de mim
mas longe demais para saber
que em meus olhares, serenos e tranquilos,
bate um coração cheio de adrenalina
e emoção por ti...
Querer e não ter,
a dor é demais.
Amar e chorar...
Quando vais me notar?
Prá ter você..
deixe-me acreditar e sonhar...

segunda-feira, 20 de abril de 2015

DESENCANTOS...

Em minha mente atribulada
lembro do nosso adeus..
De nunca mais envolver-te com beijos..
De nunca mais os abraços e ternuras..
E minha alma, dona de uma sabedoria do
profundo instinto do existir,
encurrala o coração e lhe diz:
É preciso esquecer o ocorrido,
pular a cerca do tempo e
isolar o que já desce sem rumo...

"Nada mais existe para os olhos
quando há o desencanto do silêncio das flores..."

♫ Illusionist - Finale


quarta-feira, 15 de abril de 2015

REFLEXÃO

Para que a gente escreve, se não é para juntar
os nossos pedacinhos?
Desde que entramos na escola ou na igreja,
a educação nos esquarteja:
nos ensina a divorciar a alma do corpo
e a razão do coração..
(Eduardo Galeano)
 

segunda-feira, 16 de março de 2015

PENSAR NÃO É AGIR

Nunca esquecerei minha professora de História.
Seu maior desejo era conhecer Roma. Ela era tão apaixonada por esse sonho que chegou a memorizar o mapa da cidade e até julgava-se capaz de caminhar por suas vias com mais desembaraço do que um morador local. Ela retinha a cidade em pensamento. Aprendeu italiano e adquiriu fluência no idioma.  Parecia que já tinha ido mas morreu sem jamais sair do Brasil
Da mesma forma, lembro de uma tia distante que na adolescência se apaixonou por um garoto e decretou para si mesma que, se não casasse com ele não casaria com mais ninguém.
Nunca namoraram mas ela criava os diálogos de seus encontros, imaginava o seu vestido de noiva, escolhia nome para os filhos que teriam. O rapaz casou com outra e ela continuava visualizando o sobrado em que morariam, os cuidados que teriam com o jardim, o apoio que dariam um ao outro quando a vida exigisse. Essa minha tia faleceu com mais de 80 anos. Virgem.
Dois casos extremos. Porém, longe das extremidades, na vida mundana de cada um, também há desejos desse naipe, que se realizam apenas dentro da imaginação, se é que o verbo realizar aqui se aplica.
A fantasia é um recurso luxuoso. A fantasia ameniza frustações. A fantasia alimenta a autoestima sem danificá-la. A fantasia quase substitui o ato concreto. Quase.
O pensamento fantasioso obedece ao script que determinamos, mas não basta. A realidade é muito mais poderosa. Acontece a nossa revelia, sem cumprir os requisitos que nossa mente inventou. A fantasia é um subterfúgio legítimo, porém os fatos que fantasiamos não merecerão uma única linha de nossa biografia. O que vale é a experiência. Sofrida. Vingada. Curtida. Exaltada. O que for. Mas vivida.
Está aí mais uma coisa que se aprende com a passagem do tempo: pensar não é agir.
Pensar é pensar, é proteger nossa vontade, embalá-la, encarcerá-la no idealismo e se conformar com um prazer hipotético. Pensar é sem gosto, sem tato, sem cheiro, sem riscos. Vale a pena uma vida sem risco?
Agir não. Agir é um salto sem rede. Agir é uma viagem, uma vertigem. É ficar disponível para o bem e o mal. Agir é para os audaciosos, corajosos, merecedores do lugar mais alto do pódio. Agir é para quem tem autoconfiança e, no caso de tudo dar errado, ter também o humor necessário para se consolar e seguir em frente. Agir é o mais potente afrodisíaco.
São poéticos aqueles que  vivem no sonho, mas tornam-se imunes à sedução.
(Martha Medeiros)

terça-feira, 10 de março de 2015

SE EU PARTIR ANTES DE TI...

Se eu morrer amanhã
terá valido a pena o muito que vivi..
Terá valido a pena ter chorado as tuas ausências
nas lágrimas que deixei cair..
Terá valido a pena ter tido a dúvida
quando pensei que eu te perdia..
Terá valido a pena as noites em claro
quando os meus olhos no escuro te buscavam...
Terá valido a pena cada instante..
terá valido a pena cada gesto teu..
cada sofrimento sufocado ou
cada alegria compartilhada,
pois em tanto amor assim
o nosso amar é o mais lindo dos amores...

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

MINHA CIDADE - PORTO ALEGRE

 
 
 
 
 
                                             
 
 

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

A PARTITURA DA ALMA...

Cada vida é uma linguagem que ninguém conhece.
A cada dor, descoberta ou momento inesperado de alegria,
a cada música que nos toca...a cada experiência,
uma outra letra em nosso alfabeto é decodificado.
Antes de vivermos o que está por vir,
sempre nos parece que é preciso ter uma resposta
para chegarmos lá.
Porém, quando ousamos viver plenamente,
nós descobrimos que o ato de viver desenlaça a resposta
e a pergunta.
Quando só observamos, permanecemos como enigmas
a serem resolvidos.
Quando vivemos de fato, nós nos tornamos canções 
a serem entoadas...
Por isso, suba um degrau..
Aprenda uma palavra..
Sinta uma emoção..
Decodifique um sinal..
Aceite uma verdade, traduza uma parte do mistério escrito
em seu coração... 
Quando a vida parecer distante, lembre-se de que a flauta é apenas
um objeto duro com buracos até ser tocada.
Assim também é o coração.
Da mesma forma que o fósforo é apenas um palito até acender e o
gelo não mata a sede até derreter,
as perguntas e os problemas permanecem como obstáculos, até serem vividos...
O maravilhoso é que a vida de cada alma está à espera, como uma partitura
a ser tocada...
E como podemos ser bons, se jamais a tocamos?

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

NOVO ANO, NOVAS MUDANÇAS,,,

Nenhuma queima de fogos promete um futuro iluminado..
Nenhum ponteiro marcando meia noite transforma quereres em realidades..
E nenhum ano novo garante uma nova vida...
Se o coração deseja mudanças é preciso trocar mais que o calendário,
é preciso abandonar medos e encarar desafios..
Driblar velhos hábitos e arriscar novos voos..
Deixar de esperar que os próximos meses surpreendam e
surpreender a si mesmo...
Acreditar e seguir..
Sonhar e ousar..
Se o coração deseja um novo tempo
é tempo de fazer acontecer...
(Yohana Sanfer)
 
  
 
 
 
 
 
 
 
 
Estarei de volta no final de Janeiro....
 Até lá....FÉRIAS!!