TININHA

TININHA

INVERNO QUE CHEGA..

INVERNO  QUE  CHEGA..

PARA REFLETIR

A vida só acontece através do tempo, mas toda a
vida é uma luta para impedir que o tempo passe...
(Rubem Alves)

PENSE NISSO!!

A vida na Terra é somente uma passagem, no entanto, algumas pessoas vivem como se fossem ficar aqui eternamente, e esquecem de ser feliz.

VIDA - UM PRESENTE DO UNIVERSO

O Universo é capaz de organizar todas as circunstâncias e eventos necessários no momento certo e perfeito, e o momento certo diz respeito a você se harmonizar com o seu eu superior. Não tente se apressar na direção da meta. Se você se mantiver vibratoriamente em harmonia com qualquer desejo, o Universo seguramente encontrará uma maneira de torná-lo realidade. (Gill Edwards)

sábado, 27 de setembro de 2014

CAMINHANTE DAS ESTRELAS..

Eu tenho tudo
mas nada me é importante..
sou apenas mais um ser humano
vivendo momentos nem sempre tão gloriosos nesta Terra...

E quando eu paro
e me dou conta da existência da vida
o coração aperta, eu me vejo dividida
e com uma sensação estranha
minha alma sussurra que aqui não é o meu lar..
Sinto saudades de lugares que jamais vi..
saudades de pessoas que nunca convivi
cujas sensações não consigo entender
ou explicar...

Talvez seja eu
um caminhante das estrelas,
um viajante pela eternidade
com a dolorosa missão de tentar ser feliz aqui...
Talvez, tenha vindo de longe..
de planetas distantes,
ou, mesmo de anos luz...

A vida e tudo o que faz parte de mim,
muitas vezes, não tem um sentido..
O que me rodeia é feito de perguntas
que sempre acabam ficando sem respostas..
Assim mesmo,
quando percebo a grandeza do universo
e tudo o que de maravilhoso pode existir dentro dele,
algo me diz que é para lá que eu quero ir
é para lá que eu devo voltar
e acalmar o coração...

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

TU E EU..

Corações que se confundem às portas do infinito
longe do resto do mundo e submissos
à bordo do leito que balança
e vai debaixo de ti e de mim...
Tu e eu..
livres de mentiras e privados de tabus
quando a noite se prolonga entre gemidos e
movimentos em nossos sonhos loucos
inventados por nós...
Entre duas luzes, nossos sonhos desertos,
o amor soube acalmar o silêncio..
E nós, seus filhos desnudos,
virgens de nosso passado, mudados tu e eu,
lavados de nossos infernos...
Leva-me! Mais além das angústias
à chamada do desejo do coração de nossos fantasmas 
aos confins do prazer que Deus criou para ti e para mim...
Eu estava sem esperança e tu mudaste a minha sorte.
Ofereceste à minha vida outra possibilidade...
As palavras são só palavras
mas as suas me estremecem muito
que falando na minha pele despertam meu corpo...
Ama-me e faz-me o amor e segue falando-me,
para que até as auroras e nas fontes de nossas alegrias
meus dias se juntem em ti e em mim...
 
 
 

domingo, 21 de setembro de 2014

DETALHES...

Se ao menos eu soubesse
os detalhes do teu rosto,
e que pudesse ver refletido
no fundo dos teus olhos
um querer maior que tudo...

Talvez,
numa noite fria de algum inverno
a gente possa se encontrar...
Um olhar..
um sorriso..
um encontro casual.
Uma descoberta tímida
num abraço apaixonado
que possa nos conduzir
pelos caminhos da vida e
ultrapassar os limites do Universo...

Existe um silêncio que grita dentro de mim..
são como palavras me fazendo renascer
sussurradas dos teus lábios que me sorriem...
Incógnita de um semblante que eu nunca vi,
mas dona de uma alma que a muito já conheço...



terça-feira, 16 de setembro de 2014

PARA ONDE VAI O AMOR..

Quando deixo de amar, não fico aliviado, eu fico triste.
Porque é se despedir de uma grande parte da própria vida,
é se desapegar de um sentimento que julgava único.
É triste deixar de amar. Profundamente triste.
É sacrificar a personalidade, é nunca mais usar um jeito
de reagir e de falar, nunca mais usar um jeito de beijar e
de abraçar, nunca mais usar um jeito de transar e ser feliz.
Passo a pensar: onde foi parar todo aquele amor?
Onde é que ele se escondeu?
Será que desapareceu ou apenas está dormindo?
Será que terminou mesmo ou é fingimento para suportar
a falta? 
Será que minto para mim para não sofrer tanto?
Será que o amor é um segredo disfarçado de fim?
Será que a minha solidão agora é soberba?
Será que meu contentamento é uma cilada?
Será que me embriaguei de palavras e esqueci o caminho
de volta?
Onde estão aquelas declarações apaixonadas?
Em que parte distante de mim, já que não sobem mais aos olhos?
Para onde foram a ansiedade, o ciúme, a saudade, o desespero
de não ver mais, as implicâncias ruidosas, as concordâncias
silenciosas?
Para onde vai o amor após sumirem as fotos, os quadros,
as mensagens de texto, os bilhetes de flores?
Em que parada de Porto Alegre desembarca a comoção
perdida?
Qual a estação em que o amor acena e evapora?
Que planeta, que dimensão, que oceano?
Ou ele se transforma numa mania nova, num modo de
suspirar, de virar o rosto, de mexer as orelhas?
Ou ele se converte em cinismo religioso, em maldade com
os palhaços, em ironia com noivos, em raiva de qualquer
"save the date" dos amigos?
Para onde vai o amor depois do amor? Me fale, por favor.
As lágrimas, quando secam, permanecem eternamente
na pele?
Não sei. Mas meu rosto está cada vez mais salgado.
(Fabrício Carpinejar)
 
 

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

AS CARTAS QUE NUNCA TE ESCREVI

As cartas que eu nunca te escrevi...
Cartas que, se descobertas 
colocariam um final neste meu encantamento...
Mas, se fossem escritas,
contariam coisas que só um coração apaixonado
saberia entender...
Trariam lindas palavras de alguém enfeitiçado
por ter encontrado a sua alma gêmea... 
Diria que esse meu amar é tanto,
que vezes eu preciso "frear e aterrissar",
e deixar de lado um pouco dessa emoção
e ser mais razão...
Falaria que tentei não pensar tanto em ti..
que tentei não me deixar entregar..
que também tentei não te ver...
ou, nas vezes em que tive que desviar os olhos e
guardar para mim os pequenos instantes
que faziam o meu dia ficar bem mais alegres
só por te ver...
Tenha certeza, meu amor,
que amar você é o melhor que me aconteceu na vida.. 
e isso eu não sei como te explicar.. 
só sei que me fazes um bem enorme....
Algum dia, quem sabe, eu enlouqueça
e lance sobre você a luz deste meu amor,
sem precisar representar ou usar meias palavras..
E o tempo, penso eu, me trará esse momento..
Mas por agora, preciso gostar de ti assim..
discretamente...