INVERNO QUE CHEGA..

INVERNO  QUE  CHEGA..

PARA REFLETIR

A vida só acontece através do tempo, mas toda a
vida é uma luta para impedir que o tempo passe...
(Rubem Alves)

PENSE NISSO!!

A vida na Terra é somente uma passagem, no entanto, algumas pessoas vivem como se fossem ficar aqui eternamente, e esquecem de ser feliz.

VIDA - UM PRESENTE DO UNIVERSO

O Universo é capaz de organizar todas as circunstâncias e eventos necessários no momento certo e perfeito, e o momento certo diz respeito a você se harmonizar com o seu eu superior. Não tente se apressar na direção da meta. Se você se mantiver vibratoriamente em harmonia com qualquer desejo, o Universo seguramente encontrará uma maneira de torná-lo realidade. (Gill Edwards)

domingo, 5 de outubro de 2014

FRÁGIL DEMAIS..

Aprendi
que o viver é um dilúvio recheado de sensações diferentes
e que em certos momentos, sem esperarmos,
essas mesmas sensações podem se voltar contra nós,
feito flechas e nos matar...

Aprendi
que a vida morre em ausências,
mesmo presente ao nosso lado,
e que corações se despedaçam em angustias
quando sufocam as suas reais entregas...

Eu aprendi
que a vida gira como um carrossel e
que nesse mesmo giro estamos sempre
na busca de alguma coisa ou de alguém
que nos faça feliz...

Eu aprendi
que a vida se faz de inúmeros silêncios e de
um tempo que não espera por ninguém..
e que há tempos de verdades, tempos de mentiras,
tempos de batalhas e de gritos...

Aprendi
que há indiferença nos rostos de pessoas que
me encantaram e me fascinaram..
e que há mentiras e descasos até nos mais
simples gestos do dia a dia...

Eu aprendi também,
que o sorriso que eu sempre tive
desapareceu ao longo dos anos
quando eu tentava compreender
o que era a vida..
Que o sofrimento pode ser passageiro
mas também o prisioneiro da nossa razão
e que o coração, este sim, é sempre o refém
de alguma saudade...

A vida é feita de muitas cores
mas a mim ela me chega em rotinas
em preto e branco,
pois são tantos os cinzas que me consomem e
muitas as vezes que eu choro...
Sinto que a minha alma e o meu coração
tornaram-se frágeis demais...

15 comentários:

Santa Cruz disse...

Susana: Lindíssimo poema adorei imenso ler.
Beijos
Santa Cruz

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Lindo seu poetar amiga Suzana,bem colorido e perfumado.
bjs e obrigada pelas visitas.
Carmen Lúcia.

Cris disse...

Gostei de ler, muito lindo amiga.
Bjs e ótima semana...

Samuel Balbinot disse...

Boa tarde querida Suzana.. aprendemos sim que a vida tem muitos caminhos.. mas que algo sempre nos coloca onde temos que estar.. por mais frágeis que somos a nossa intuição nos guia..
parabens poetisa.. bjs e até sempre

Felisberto Junior disse...

Olá,Boa noite, amiga Su
sim, aprendemos sempre, e por vezes, não só sentimos que a alma e o coração tornaram-se frágeis demais...percebemos como a vida é tão frágil, também. Em um momento estamos aqui bem, e em outro, não estamos mais. A verdade de hoje pode se tornar a mentira de amanhã. (e que há mentiras e descasos até nos mais
simples gestos do dia a dia)... O colorido pode ficar cinza (A vida é feita de muitas cores.) Por isso,o melhor é não terceirizar a felicidade (na busca de alguma coisa ou de alguém
que nos faça feliz) e decidir viver cada momento,(um tempo que não espera por ninguém) aproveitar cada oportunidade, porque um dia não sabemos se estaremos mais aqui , mas que possamos saber que fizemos e demos o nosso melhor possível, com o coração e a alma fortes . Pelo carinho,bela semana,paz e luz,Deus te abençoe, beijos!

Vera Lúcia disse...


Olá Suzana,

Belíssimo!
Viver é um permanente aprendizado e quanto mais tempo permanecemos na vida terrena mais aprendemos e nem sempre de uma maneira agradável, infelizmente.
Incontestável que vivemos em busca de algo ou de alguém que nos faça feliz, pois precisamos de sonhos e objetivos que nos façam amar a vida e nela desejar permanecer. Dores, alegrias,decepções, saudades, verdades e mentiras fazem parte do pacote da vida e só nos resta aprender a lidar com elas para não fragilizar ainda mais o nosso coração. Dos piores aprendizados, o mais surpreendente e inesperado é quando somos surpreendidos pela fragilidade do fio da vida e perdemos seres amados, necessitando conviver com as respectivas ausências.
Não obstante, precisamos amar a vida e desfrutar do que ela nos traz de bom, pois, diga-se de passagem, ela também nos traz maravilhosos momentos que nos ensinam que vale a pena viver.

Parabéns pela bela inspiração.

Beijo.

Zilani Célia disse...

OI SUZANA!
SENTIDO DEMAIS, SOFRIDO DEMAIS, VERDADEIRO DEMAIS E LINDO DEMAIS.
TEUS ESCRITOS, CHEGAM AO CORAÇÃO COMO UMA ONDA, TRISTE SIM, MAS FAZENDO COM QUE PENSEMOS QUE SEMPRE HAVERÁ UM AMANHÃ, POR PIOR QUE O HOJE SE APRESENTE.
FUI NO VIVIANI, LI TUA PARTICIPAÇÃO E VIM TE PARABENIZAR.
ABRÇS

http://zilanicelia.blogspot.com.br/

dinapoetisadapaz disse...

Olá Suzana, seus versos tem um tanto de sabedoria, viver é uma grande arte, nesse mundo há habitantes de diversos comportamentos e isso
nos assusta e nos faz sofrer. Muito bom e reflexivo versos! Parabéns!Abçs!

Tive total alegria em tê-la como parceira da participação no Evento do Viviani!

Abçs!

Ghost e Bindi disse...

Bom dia Suzana!

Muitas vezes nosso coração chora assim. Aprender a conviver com a montanha russa da existência não é fácil, ainda mais num tempo em que a sociedade "obriga" todos a serem sempre, plasticamente felizes, nem que esta felicidade desabe feito palha ao se chegar da balada.
É preciso coragem hoje em dia para expressar o sentimento de saudade, tristeza e solidão, que são normais quando duram curtos períodos, e que a todos tocam frequentemente, mas muitos preferem esconder como se o ser humano nunca se sentisse menos que esfuziante, numa eterna festa.
Um grande abraço!
Bíndi e Ghost

Lu Nogfer disse...

Olá Suzana!

Passando para lhe parabenizar pelos belos versos no Prosas Poéticas!
Parabéns pela belíssima participação!

Quanto a este post, lindíssimo e reflexivo poema.
Aplauso-te!

Abraços.

Paula Möller disse...

Espero que tu não guardes tão profundamente os teus cinzas, porque a vida sempre, de alguma forma, nos oferece cores! Te adoro!

Ghost e Bindi disse...

Oi Suzana!

Por isso que as flores habitam nos jardins, ali elas encontram a paz que conquistaram e exalam o seu perfume, em sua fragilidade são adornos que nos encantam e nos fascinam. Mesmo em rosas há espinhos, mas sem os espinhos haveriam rosas?

Ghost e Bindi

Ghost e Bindi disse...

Os espinhos fazem parte das rosas, talvez eles sejam os responsáveis por rosas serem tão belas e exalarem um sublime encanto entre nós. Paz e luz, amiga.

Ghost e Bindi

Pedro Luis López Pérez (PL.LP) disse...

He visto tu Poema en el blog de nuestro Amigo en común J.R Viviani y me ha fascinado.
Ya sigo tu magnífico y mágico Espacio.
Abraços.

may lu disse...

Sim querida, por vezes as nossas fragilidades nos doem por inteiro...
Porém devagarinho a gente leva a nossa alma para tomar sol, pois muitas vezes o seu brilho também nos dói. Mas aquela brechinha teimosa que temos lá no fundinho... dá mais um passo a frente se fazendo colorir pouco a pouco o cinza que nos cobre.
Doce noite e bjo grande!!